Viajando com filhos – Fazendo as malas #ferias

Olá férias! As férias chegaram desde dezembro, mas somente hoje EU estou tirando uns dias de descanso oficial. Todo janeiro viajo com minha sogra e os meninos e é nesse período que podemos descansar de verdade. Sem casa pra limpar, sem roupa pra lavar (neste caso a gente não comenta que acumula tudo o que volta da viagem na mala), louça pra lavar… ah maravilha. Além do que a gente se diverte e ri muito junto.

Estou viajando hoje para Jarinu, uma cidade pequena perto de Atibaia e que faz parte do circuito das flores e frutas (uma festa da região). Vou falar mais sobre a viagem no vlog que vai pro canal semana que vem. Como eu sei que fazer as malas e sair com crianças é um assunto que assusta muita gente, resolvi contar aqui como eu – a virginiana – preparo as malas para viajar com eles.

Bolsa de utilidades

Primeira coisa (por que já passei pela cena de esquecer coisa boba) que eu arrumo é a bolsa de utilidades, onde vai desde escova de dentes até repelente. Você precisa saber o lugar que está indo (no nosso caso, hotel fazenda) para não deixar faltar nada. Se precisar comprar qualquer coisa no seu destino pode sair muito mais caro.

Nós estamos indo para um hotel com piscina e o Samuel ainda usa fralda, então além da fralda comum (calculo 5 a 6 por dia, contando a fralda pra dormir), ainda tem a fralda de piscina (estou levando um pacote com 10).

Dormir fora com criança pequena já remete a um arsenal como ir para a guerra, afinal as crianças tem seus hábitos e manias que nos morremos de medo de desafiar (já pensou a primeira noite de férias arruinada porque o filhote não dorme sem a naninha?).

Acredite, até essa parte (hábitos e manias) é suave, afinal eu desmamei o Samuel na viagem do ano passado (ficamos 10 dias em poços de caldas).

Agora chega de conversa fiada e vamos à lista das malas:

– Escovas de dentes (minha e das crianças)

– Pasta de dentes (levo a deles e a minha porque não sabemos como o hotel vai oferecer)

– Fio dental (acredite, o conforto de algo que ocupa tão pouco espaço na mala será recompensado)

– Fralda descartável

– Fralda de praia/piscina

– Protetor Solar e pós-sol (verifique os fatores para crianças e para você. Eu gosto de bronzeador, mas  o uso em piscina é quase sempre proibido)

– Repelente aerosol/creme/de tomada (Quando vamos para Ubatuba por exemplo, a bolsa tem que ser praticamente só pra repelente. Há lugares que os pernilongos detonam a gente e podem acabar com a festa)

– Shampoo, condicionador e sabonete (hotéis geralmente oferecem, mas crianças geralmente tem a pele mais sensível. Os meus só usam sabonete glicerinado, por exemplo)

– Desodorante e perfume

– Cremes de cabelo para pentear e hidratante corporal (principalmente se for pra praia/piscina)

– Escova/Pente de cabelo

 

Bolsa de Futilidades

– Bijuterias (numa bolsinha coloco algumas poucas peças)

– Maquiagem (em alguns casos pode ser o primordial, mas eu já não uso habitualmente então aqui é o básico mesmo: base, blush, batom, rímel e uma paleta pequena de sombra numa bolsa bem pequena)

– Kit sobrevivência para unhas (eu fiz as unhas ontem, então não vou levar, mas quando vou pro litoral sempre carrego um kit básico com algodão, acetona e base pelo menos)

– Carregadores (do celular, da câmera, do notebook, do tablet…)

– Notebook (isso é totalmente dispensável, e mesmo eu estando em férias talvez precise liberar espaço no cartão de memória. Para blogueira até férias é motivo de criar conteúdo)

– Tablet (há lugares e momentos que eu concordo que é hora de abrir mão da tecnologia. Mas já tivemos a experiência no ano passado que até os hotéis mais legais as vezes nos dão uma certa preguiça. E para os momentos de relaxamento no quarto, vale um pouco de tecnologia)

– chapinha / secador (o hotel geralmente oferece secador e eu não tenho hábito de usar nada disso, mas achei importante colocar aqui na lista)

 

Farmacinha

Levar ou não levar uma mini farmácia na viagem? Conheço mães que levam praticamente um pronto socorro e conheço quem tenha convicção de que levar qualquer remédio indica que você espera um problema. Neste caso gosto de ser um pouco mais ponderada. Claro que não espero que ninguém adoeça na viagem, mas tenho que considerar todos os cenários.

Já tive viagens sem nenhuma intercorrência, mas já tivemos viagens que precisarem de antibiótico (Theo em caraguá. Nunca esquecerei aquela fila chata do pronto socorro). Como não há como se automedicar se alguma coisa específica acontecer, existem alguns itens que dá pra levar sem entrar em neura, só pra prevenir mesmo:

– dipirona (ou algum remédio para aquela dorzinha de cabeça marota)

– antitérmico (não vou colocar nome de remédios)

– termômetro (esse é importante mesmo quando há crianças)

– pomada de assadura (essa pode estar em outra lista, mas o lugar dela é aqui mesmo)

– band-aid (se você for dessas que encapa a criança quando rala)

 

Mala das crianças

Estamos indo (no verão) para um lugar que é muito quente. Apesar de usar roupas mais leves e por vezes até nem usar (piscina ou ficar sem camisa) tenho que ter em mente que as roupas suadas não poderão ser usadas no dia seguinte.

– Camisetas (vou calcular entre regatas e com manga, 2 por dia)

– Bermudas (1 por dia + 2)

– Cuecas (2 por dia)

– 3 Sungas (estou levando 3 para cada um deles)

– 3 Meias (mesmo no calor, levo sempre ao menos 3 pares)

– 2 Pijamas (ainda no calor, com ar condicionado é bom dormir “coberto” então levo 2 trocas para cada)

– 1 Calça (sim, é calor, mas até o lugar mais quente pode nos surpreender e longe de casa… levo 1 calça para 5 dias)

– 1 Agasalho (mas Marina, verão, lugar quente… Sim, e na viagem o tempo pode esfriar magicamente. Então, mesmo que seja apenas aquele fininho, sempre levo um)

– 1 Chinelo

– 1 Tênis

 

Mala da mamãe

Sempre considero 2 trocas por dia e dependendo do local/clima coloco 2 ou 3 extras. Como vou levar vestido e conjunto, minha quantidade de peças ficou meio a meio.

– Camisetas (novamente entre regatas e manga curta. Calculei 2 por dia)

– Bermudas (1 para 2 dias)

– Vestidos (adoro vestido, por isso tiro alguns conjuntos e coloco vestidos)

– 1 troca de mangas longas (prevenção novamente)

– Pijamas

– 3 Bikinis (gosto de ter opção hahaha)

– Lingerie

– 1 Chinelo

– 3 Sapatilha (hotel fazenda, não estou levando salto nenhum, mas gosto de variar o calçado)

– Tênis (eu vou dirigindo e prefiro usar tênis para isso)

Toalha e roupa de cama (como estamos indo para um hotel, isso não precisa ser levado – ufa!)

 

Brinquedos

Dependendo da idade, a criança ainda não se envolve com o passeio a ponto de dispensar os seus próprios brinquedos e em alguns casos a naninha. Meus meninos não tem um objeto de transição, mas quando vamos passar algum tempo fora eu prefiro prevenir e levar algum boneco ou ursinho para que eles se sintam mais a vontade. E como vamos pra piscina também levo boias e infláveis.

Extras

Além de toda essa bagagem, a nossa viagem é de carro, então na bolsa de mão ainda vai mais uma troca de roupa, fraldas e lencinho. Além é claro da carteira com algum dinheiro, cartão  de crédito/débito, carteirinha do convenio e certidão de nascimento/RG das crianças.

Nossa viagem é rápida, menos de 200Km e mesmo assim não pode faltar uma térmica com água e alguns snacks.

 

Espero não ter esquecido nada, porque já já é pé na estrada!

Até a próxima!

One Reply to “Viajando com filhos – Fazendo as malas #ferias”

  1. Muito boa sua lista, nossa como estou querendo viajar, mas esse início de ano não vai dar, também sou do tipo que leva de tudo…utilidades e futilidades, distrações, remédios, quanto mais próximo à um ambiente caseiro melhor.

Deixe uma resposta